Blog

Mais Recentes

Assentamento de pisos: dicas para não errar
Saiba como evitar os equívocos mais comuns a essa etapa da obra

A obra mal começou e você não vê a hora de ter tudo pronto? Não sinta-se o único. A ansiedade é normal e, por isso, muitas vezes deixamos de lado detalhes importantes para um resultado final de qualidade. O cuidado com o assentamento de pisos é um deles.

Como existem erros que são comuns a essa etapa do trabalho, reunimos alguns deles para que você os conheça e não os encontre em seu projeto.

A falta de planejamento é um erro muito comum. Não saber a quantidade exata do material pode resultar na falta de peças que poderão não ser encontradas no futuro. Por isso, o recomendado é sempre comprar, no mínimo, 10% a mais do total previsto para o projeto.

Antes de começar, é fundamental definir o ponto de início do assentamento. Feito isso, recomenda-se que algumas caixas sejam abertas e o produto colocado no local onde será assentado. Assim, além da possibilidade de verificar se há peças defeituosas e/ou fora de padrão, pode-se também simular a paginação antes da finalização da tarefa.

O espaçamento dos revestimentos também deve ser respeitado. Por isso, as cruzetas de plástico entre as peças são fundamentais para garantir a uniformidade dos intervalos, que geralmente variam entre 1 mm e 8 mm. Confira na embalagem qual é a indicação ideal em relação ao tamanho das juntas e o modelo de produto a ser usado em seu projeto.

Os chamados kits niveladores, compostos por cunha, espaçamento e alicate voltados para esse fim são indispensáveis para garantir o nivelamento do revestimento e a uniformidade de sua aplicação. É importante ressaltar também que, quando o assentamento tiver de ser feito sobre um produto já existente, este deve estar nivelado, limpo e bem aderido. Em caso de desnível, o preenchimento deve ser feito com massa antes de as novas peças serem assentadas.

O tipo de argamassa que será utilizada no processo também é um ponto que merece atenção. Revestimentos cerâmicos, por exemplo, possuem porosidades e aderências diferentes, o que ocasiona também na variação da argamassa a ser usada, conforme abaixo:

  • ACI – revestimentos cerâmicos em parede e piso interno;
  • ACII – revestimentos cerâmicos em parede interna e piso interno e externo;
  • ACIII – porcelanatos de qualquer formado em paredes internas e pisos internos e externos;
  • ACIII-E – Colagens especiais;
  • Para assentamento de piso sobre piso, deve ser utilizada a argamassa específica para esse fim.

O teste de descolamento é outro ponto importante e deve ser feito antes do rejunte. Com um martelo ou um pedaço de madeira, bata levemente em cada peça a fim de identificar sons ocos. Caso perceba esse problema, retire o produto e o assente novamente. Assim, além de eliminar a possibilidade de barulho quando alguém caminhar sobre o piso, você reduz também as chances de quebra do material.

Abaixo, mais alguns pontos para você se atentar:

  • Guarde sempre uma caixa com as informações do produto, você pode precisar comprar mais material no futuro;
  • Guarde também algumas peças para serem utilizadas no futuro em possíveis reparos e/ou eventuais reformas;
  • Ao perceber defeitos no material que você adquirir, comunique a empresa antes de realizar o assentamento;
  • Não libere o tráfego sobre o piso antes do tempo recomendado para cada etapa do processo:
    • Assentamento – 72h, tráfego leve após três dias da aplicação e intenso, após sete dias da aplicação;
    • Rejuntamento – 72h após o assentamento;
    • Limpeza – 72h após a finalização do rejuntamento;
    • Para o contrapiso, o tempo de cura recomendado é de no mínimo 14 dias.

Não se esqueça de que, para certificar-se de que não haja equívocos, é preciso acompanhar todo o processo de execução. As falhas aumentam o tempo de trabalho e os custos da obra, porém podem ser evitadas se o serviço for supervisionado e, quando necessário, corrigido antes do término do assentamento.

E aí, já sabe tudo sobre assentamento? Agora você já pode dar uma olhadinha no nosso site e conferir todos os pisos e revestimentos com a qualidade Embramaco.

Novas formas de sonhar
  A variedade de formatos, tipologias e texturas dos pisos e revestimentos Embramaco dão mais flexibilidade aos projetos

Em um projeto, os pisos e revestimentos vão muito além de sua proposta funcional, que é revestir: essas peças contribuem não apenas para o estilo e a sofisticação de um trabalho, mas também para a materialização de uma inspiração, ideia ou, até mesmo, de um sonho.

Para que a concretização desses sonhos em forma de projetos seja alcançada mais facilmente, poder contar com a versatilidade de materiais é fundamental. É por isso que a Embramaco, ao incorporar as principa

is tendências do setor, desenvolveu e agora apresenta uma família completa de variações de seus pisos e revestimentos. Em uma mesma linha, é possível encontrar peças de diferentes formatos, tipologias e texturas.

Entre as vantagens dessa flexibilidade estão a possibilidade de investir em detalhes, criar e combinar aplicações em um ambiente e, assim, inovar e agregar valor ao projeto. Ou seja, todas as ideias que ficavam apenas na imaginação do arquiteto e que eram barradas pela limitação de formatos dos pisos e revestimentos podem, enfim, entrar em ação.

As variações de dimensões disponíveis são: 61 cm x 61 cm, 62 cm x 62 cm, 82 cm x 82 cm, 83 cm x 83 cm, 62 cm x 120 cm e 20 cm x 120 cm. As peças estão em formato de régua, quadrados e retangulares, apresentadas nas tipologi

as de polidos e acetinados. As linhas que contam com as variações são a Marmi Grafite (tradicional, Lux e Lux Plus), Carrara Gioia (tradicional, Lux e Lux Plus), Marmi Stalattite (tradicional, Lux e Lux Plus), Soho Gris (tradicional, Plus, Lux e Lux Plus) e Gran District (tradicional, Gray e Gray Plus).

Com as famílias de produtos Embramaco, os ambientes de seu projeto podem estar ligados por uma mesma identidade em relação aos revestimentos, porém com aplicações que se adequem a cada espaço e superfície, seja ela interna ou externa, do piso ou da parede. A versatilidade das linhas Embramaco permite que as ideias saiam do papel e que, assim, sonhos e inspirações se transformem em realidade.

Embramaco lança a nova coleção Meu Espaço na ExpoRevestir 2018
A transformação dos espaços nos move e nos inspira. Acreditamos que toda inspiração é motivada por sensações, emoções e estímulos criativos que permitem estabelecer conexões entre o mundo dos sentidos e a experimentação. A “Coleção Meu Espaço” representa a materialização destes sentidos e a valorização da memória fortalecida pelo resgate de lembranças agradáveis, onde o novo se mistura às marcas do tempo. O destaque da nova coleção fica por conta dos mármores com tonalidades que vão do branco ao negro, passando pela extensa escala de cinza - reproduções versáteis que se adaptam aos espaços com características únicas, permitindo criar cenários exclusivos. O cimento ganha inúmeras variações e, por vezes, marcas de desgaste com aspecto natural e personalidade marcante - seus diferentes desenhos retratam a essência cosmopolita, com inspiração nas grandes capitais urbanas. Os porcelanatos que imitam as madeiras carregam cada vez mais o clima de aconchego. Suas inúmeras cores e faces permitem ousadia nas composições e inspiram maior liberdade na sua relação com outros materiais, especialmente com os mármores e os cimentos. Conforto e rusticidade andam juntos nas novas criações com referências naturais e encantadoras: uma viagem à natureza. Novas pedras que carregam marcas profundas das mudanças ocasionadas pelo tempo, material tão belo e que traz naturalidade aos espaços são inspirações de diversos lugares do mundo que recebem inúmeras ações externas e que lapidam o design destes elementos. Decor atemporal e cheio de estilo. Surpreenda-se com a coleção Embramaco 2018.   Estande / Booth 1747 Transamerica Expo Center | São Paulo, SP 13-16 Março 2018 - 10h às 19h

Tags